Louvem a Deus comigo

Estou diante de uma pilha de livros e artigos de revista, tentando escrever a tese sobre "a alma do embrião humano".
De toda essa confusão não via como surgir algo de ordenado. A tarefa parecia impossível. No entanto - por benevolência divina - acabei de escrever algo surpreendentemente lógico. Como Deus é bom!
A cada passo desta tese vejo com clareza: de um lado, minha indigência; de outro lado, a bondade e o poder de Deus. Louvem a Deus comigo.
E continuem rezando para que eu consiga concluir - com perfeição e prontidão - esse trabalho em honra do embrião Jesus e de todos os embriões criados à sua imagem e semelhança. Parece ser o trabalho mais difícil de minha vida. Talvez seja também o mais importante (só Deus o sabe).
Quanto mais cedo eu terminá-lo, mais cedo poderei dedicar-me às urgentes atividades pastorais da causa pró-vida.
Rezem e peçam orações a todos: aos amigos, aos doentes, às crianças...
Todos os que orarem serão coautores da tese.
Deus lhes pague.
O escravo de Jesus em Maria,

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA SOBRE MINHA CONDENAÇÃO POR DANOS MORAIS NO STJ

Um absurdo judiciário

Uma proposta de emenda à Constituição