sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Nossa Senhora Aparecida

Acabei de celebrar a Santa Missa de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (ou simplesmente Nossa Senhora Aparecida), Padroeira do nosso país.
A liturgia convida-nos a ler o livro de Ester (5,1b-2;7,2b-3), que aparece como intercessora do seu povo junto ao rei persa Assuero, suplicando que não se cumpra o desejo de Aman, primeiro ministro do rei, que já havia fixado a data para o extermínio dos judeus.
Ester é figura de Maria, que intercede em nosso favor junto do rei Jesus (e é assim que ela aparece hoje no episódio das bodas de Caná, providenciando vinho para os noivos).

O Brasil passa por uma situação crítica. Foi decretado um dia para a nossa ruína: 28 de outubro, segundo turno das eleições.
É verdade que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) é o favorito, mas também é verdade que o Fernando Haddad e o PT têm ao seu favor os meios de comunicação de massa, que não se cansam de caluniar o candidato que rejeita o comunismo, o "kit gay", a ideologia de gênero e o totalitarismo petista.
É verdade ainda que as pesquisas de intenção de voto podem ser manipuladas e - o  que é mais grave - continuamos com a lamentável urna eletrônica sem comprovante impresso, o que nos deixa em uma enorme insegurança quanto à possibilidade de fraudes, sem chance de recontagem dos votos.
Fernando Haddad não apenas espera ser eleito em segundo turno, mas deseja, em 1º de janeiro de 2019, subir a rampa do Palácio do Planalto em companhia de Lula, que já deverá ter sido posto em liberdade (!). Veja o vídeo abaixo:

No texto litúrgico da primeira leitura, a rainha Ester aproxima-se de Assuero, conquista o seu coração, toca o cetro de ouro a ela estendido e faz-lhe um pedido: "Se encontrei graças a teus olhos, ó rei, se for do teu agrado, concede-me a vida, eis o meu pedido; salva meu povo, eis o meu desejo" (Est 7,3).
O encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição nas águas do rio Paraíba em 1717 faz-nos pensar:
1. Ela não "apareceu", mas deixou-se encontrar, deixou-se apanhar pelas redes dos pescadores.
2. Ela escolheu o título de Nossa Senhora da Conceição, embora o dogma da Imaculada Conceição só fosse definido em 1854 pelo Papa Pio XI.
3. Ela foi encontrada justamente no ano (1717) em que, na Inglaterra, tinha início a maçonaria tal como a conhecemos hoje. Foi um contra-ataque da Mãe do Céu à investida do Maligno.
4. Sua mensagem é silenciosa.
Ela aparece com as mãos postas em oração, a fim de indicar que essa deve ser a postura de nós, brasileiros.
Aparece pequenina e sem beleza artística, a fim de mostrar o apreço que devemos ter pelos pequeninos, a começar pelas crianças, nascidas ou por nascer.
Aparece como "imaculada", mas dizer que nós, brasileiros, devemos afastar de nosso país toda espécie de pecado (incluindo o contra a castidade) para nos apresentarmos diante do Senhor puros e sem mácula.
Ela se deixa encontrar e sacia os pescadores com peixes em abundância, indicando a superabundância de graças que ela pode derramar sobre nós por sua poderosa intercessão.

O momento é crítico. Já passamos por algo semelhante quando, nas últimas eleições presidenciais, Dilma foi reeleita contrariando todas as expectativas e sem possibilidade de apuração de fraude eletrônica.
Mas é justamente na nossa fraqueza que se manifesta o poder de Deus. Disse o Senhor a São Paulo: "Basta-te a minha graça, pois é na fraqueza que a força manifesta todo o seu poder" (2Cor 12,9).
Peçamos a Maria a vitória sobre nossos inimigos, que já decretaram destruir a inocência das crianças, a pureza dos jovens, a santidade das famílias e fazer cair sobre nós a maldição do aborto legalizado, do uso de drogas liberado e do reconhecimento pleno uniões homossexuais, equiparadas ao matrimônio entre um só homem e uma só mulher.
Nossos adversários tem tudo: dinheiro, meios de comunicação... mas não têm a graça de Deus.
Podemos vencê-los se não abandonarmos o Santo Rosário.
Podemos vencê-los se, à semelhança dos Apóstolos, ficarmos em oração comunitária, perseverante e com Maria (cf. At 1,14).
Não descuidemos a oração, pois "a oração fervorosa do justo tem grande poder" (Tg 5,16).
E disse Jesus: "Em verdade ainda vos digo: se dois de vós estiverem de acordo na terra sobre qualquer coisa que queiram pedir, isso lhes será concedido por meu Pai que está nos céus. Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou eu no meio deles" (Mt 18,19-20).


Oração pelo Brasil
Ó Maria, concebida sem pecado,
olhai pelo nosso pobre Brasil,
rogai por ele, salvai-o.
Quanto mais culpado é,
tanto mais necessidade tem ele
da vossa intercessão.
Ó Jesus, que nada negais a vossa Mãe Santíssima,
salvai o nosso pobre Brasil.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Votar no PT é pecado

Neste segundo turno, ficou muito fácil escolher o candidato à Presidência da República. Nem que fosse apenas por exclusão, nós, cristãos, deveríamos votar em Jair Bolsonaro (PSL 17). Não podemos votar no candidato do PT, Fernando Haddad, por um motivo muito simples: seria pecado.
Vamos agora demonstrar que votar em qualquer candidato do PT é pecado.

1. O PT defende o aborto, as drogas e as uniões homossexuais.

Em junho de 2017, realizou-se o 6º Congresso Nacional do PT. O Caderno de Resoluções pode ser visto aqui.
Como na Venezuela, onde se instalou um governo totalitário,  o PT pretende convocar uma nova Assembleia Constituinte e elaborar uma nova Constituição, sintetizada em treze capítulos:
Página 39 do Caderno de Resoluções, com o conteúdo da nova Constituição.
No capítulo 12, dedicado ao “Direito das mulheres”, lê-se:
Descriminalização do aborto e regulamentação de sua prática no serviço público de saúde”. 
No capítulo 13, dedicado aos “Direitos humanos”, lê-se:
 “Descriminalização progressiva do consumo de drogas. 
Constitucionalização dos direitos de casais homoafetivos como entidade familiar plena

Detalhe da página 39.

2. Todo candidato do PT compromete-se a acatar essa resolução (e todas as outras resoluções) do Partido.

O Estatuto do PT (que pode ser baixado aqui) põe como requisito para ser candidato pelo Partido “assinar e registrar em Cartório o ‘Compromisso Partidário do Candidato ou Candidata Petista’” (art. 140, c). Tal assinatura, diz o Estatuto, “indicará que o candidato ou candidata está previamente de acordo com as normas e resoluções do Partido, em relação tanto à campanha como ao exercício do mandato” (art. 140, §1º).

Como vemos acima☝, se Fernando Haddad (ou qualquer político eleito pelo PT) contrariar resoluções como essas, que apoiam o aborto, as drogas e as uniões homossexuais, “será passível de punição, que poderá ir da simples advertência até o desligamento do Partido com renúncia obrigatória ao mandato” (art. 140, §2º).

Logo, votar em Fernando Haddad (ou em qualquer candidato petista) é votar em alguém comprometido com o aborto, as drogas e as uniões homossexuais.

3. Ora, o aborto, o uso de drogas e os atos homossexuais são pecados graves.

Diz o Catecismo da Igreja Católica:

  • O aborto direto, quer dizer, querido como um fim ou como um meio, é gravemente contrário à lei moral (n. 2271).
  • O uso da droga causa gravíssimos danos à saúde e à vida humana. Salvo indicações estritamente terapêuticas, constitui falta grave (n. 2291).
  • Os atos de homossexualidade são intrinsecamente desordenados. Fecham o ato sexual ao dom da vida. Não procedem de uma complementaridade afetiva e sexual verdadeira. Em caso algum podem ser aprovados (n. 2357).

4. É pecado cooperar com o pecado alheio.

Diz o Catecismo da Igreja Católica:

O pecado é um ato pessoal. Além disso, temos responsabilidade nos pecados cometidos por outros, quando neles cooperamos:

  • participando neles direta e voluntariamente;
  • mandando, aconselhando, louvando ou aprovando esses pecados;
  • não os revelando ou não os impedindo, quando a isso somos obrigados;
  • protegendo os que fazem o mal (n. 1869).

Ora, votar em um candidato petista é cooperar com o pecado que ele se comprometeu a praticar caso seja eleito.

Conclusão:

Votar em qualquer candidato do PT é pecado

... como se queria demonstrar.

Resta uma única opção moralmente boa

Além disso, nas atuais circunstâncias não podemos votar em branco nem anular o voto. Isso aumentaria as chances de uma eventual vitória do candidato petista.
Resta a nós, cristãos, uma única opção moralmente boa: votar no adversário do candidato petista, o candidato Jair Bolsonaro (PSL 17).
Este último candidato, com todas as suas falhas ou limitações, não defende a legalização dos graves pecados acima citados.
Isso basta para pôr fim a qualquer discussão.


sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Recomendação de voto

Salve Maria!
Diante de inúmeros pedidos de indicação de candidatos para estas eleições, indico a lista daqueles em que vou votar.

PRESIDENTE: JAIR BOLSONARO (PSL) 17
GOVERNADOR: RONALDO CAIADO (DEM) 25
SENADORES: WILDER MORAIS (DEM) 251 e VANDERLAN (PP) 111
DEPUTADO FEDERAL: VALERIANO (PODE) 1920
DEPUTADO ESTADUAL: FRANCISCO ALVES (PATRI) 51333




segunda-feira, 2 de julho de 2018

Conclamação - Todos em oração.


(baixe o vídeo em https://drive.google.com/open?id=1u7P0EdF03xn0o2zvJyS088xxNZtTTTcu)
[https://www.youtube.com/watch?v=_NeeFPa7Lus]

A Irlanda legalizou o aborto. A Argentina está em vias de legalização. E no Brasil, onde a maioria da população é pró-vida, o aborto pode ser "legalizado" por meio de um golpe: a "reinterpretação" da Constituição pelo Supremo Tribunal Federal. Está para ser julgada a ADPF 442, proposta pelo minúsculo partido PSOL, que pretende que os Ministros do Supremo "reinterpretem" os artigos do Código Penal que incriminam o aborto de modo a excluir do crime todo aborto praticado até 12 semanas (três meses) de gestação. O argumento é que nessa fase da gravidez a proteção da Constituição à criança é mínima, de tal modo que seria inconstitucional proibir a mãe de matá-la. Tal proibição violaria o direito da mãe à privacidade, à autonomia, à liberdade, blablablá etc. Por que até doze semanas? Por puro arbítrio dos juízes. Poderia ser até nove meses ou até depois do parto.
Quando os juízes da Suprema Corte, em vez de julgar, passam a legislar e até a reformar a Constituição, os limites são apenas o da imaginação de cada um deles. Com argumentos semelhantes, eles poderiam decidir que é inconstitucional a proibição de matar um idoso acima de, por exemplo, setenta anos. Tal proibição violaria o direito de outros à propriedade (pois seriam obrigados a gastar dinheiro para sustentar um inativo). Estaria assim legitimada a eutanásia via STF,  sem nenhuma votação no Congresso Nacional.
O perigo de vermos a legalização do aborto imposta a nós, brasileiros, via STF, é grande e iminente. Algo semelhante já ocorreu com o aborto de anencéfalos (ADPF 54) "legalizado" pelo Supremo, sem participação do Congresso Nacional.
Se quisermos vencer esta luta contra “o homicida desde o princípio” (Jo 8,44), que está por trás de toda a campanha abortista, devemos usar armas espirituais. Entre elas não podemos esquecer o terço diário em família e a adoração ao Santíssimo Sacramento. A hora em que Jesus morreu, três horas da tarde, chamada “hora da misericórdia” é particularmente oportuna. Disse Jesus a Santa Faustina: “Nessa hora conseguirás tudo para ti e para os outros” (Diário, n. 1572).

            Na sede do Pró-Vida de Anápolis, todos os dias, às 15 horas, no Oratório São José, como é chamada a nossa capela, diante do Santíssimo Sacramento exposto, rezamos primeiro o terço da misericórdia, em seguida o terço mariano, com os mistérios correspondentes ao dia da semana. Depois fazemos uma comunhão espiritual. Tudo isso dura aproximadamente trinta minutos. Ora, uma adoração eucarística de trinta minutos faz-nos lucrar uma indulgência plenária, nas condições de costume. Para isso, antes de fecharmos as portas do sacrário, rezamos um Pai Nosso e uma Ave Maria nas intenções do Santo Padre.
            Faça isso conosco você também em sua paróquia! Chame seus amigos para rezarem com você!
            Qualquer que seja nossa estratégia, nada funcionará sem a oração contínua, em comum e com Maria (At 1,14), como fizeram os apóstolos no cenáculo.
A vitória dessa guerra espiritual depende de nós.
Quem não rezar não poderá dizer que fez tudo para evitar a maldição do aborto em nosso país.

         

Oração pelo Brasil

Ó Maria, concebida sem pecado,

olhai pelo nosso pobre Brasil,

rogai por ele, salvai-o.

Quanto mais culpado é,

tanto mais necessidade tem ele

da vossa intercessão.

Ó Jesus, que nada negais a vossa Mãe Santíssima,

salvai o nosso pobre Brasil.

Nós nos encontrarmos no sacrário com Jesus e uma multidão de anjos em adoração.

Em Jesus e Maria,

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz

"Coração Imaculado de Maria, livrai-nos da maldição do aborto".

domingo, 21 de janeiro de 2018

O CURSO DE FILOSOFIA NÃO PODE MORRER

FILOSOFIA NA FACULDADE CATÓLICA DE ANÁPOLIS

Quando em 1995 nosso saudoso Bispo, Dom Manoel Pestana Filho, inaugurou uma faculdade em Anápolis, denominou-a Faculdade de Filosofia São Miguel Arcanjo (FAFISMA).

Ainda hoje podemos ver a antiga página da FAFISMA na Internet em http://web.archive.org/web/20021203003500/http://www.fafisma.com.br:80/Inicial1.htm
Como se valorizava a filosofia, a busca pela sabedoria, o amor pela verdade, o conhecimento das causas últimas...
Com o passar do tempo, a FAFISMA tornou-se Faculdade Católica de Anápolis www.catolicadeanapolis.edu.br, a fim de abranger outros cursos que não a Filosofia.

No entanto, aconteceu o impensável. O curso de Filosofia foi deixando de ser procurado a tal ponto que a Faculdade não pôde mais abrir uma turma de Filosofia!
Talvez as pessoas tenham-se deixado levar pelo pensamento pragmático: "o que eu vou fazer com a Filosofia?" ou "quanto dinheiro eu posso ganhar com ela?".
Não vale a pena estudar Filosofia para ganhar dinheiro. Se a sua pergunta, porém, for: "o que a Filosofia vai fazer comigo?", então eu respondo:
Ela vai ensinar você a pensar, a julgar, a discernir, a ter ideias, a não ser manipulável pelas ideologias, a não ser massa de manobra, a ter ideias próprias...
Ela vai falar não sobre as causas imediatas, mas sobre as causas últimas de nós mesmos e do mundo que nos rodeia...
Ela vai não somente descrever as aparências, mas tentar penetrar na essência das coisas, tanto quanto nossa razão é capaz de fazê-lo...
Ela vai preparar o caminho racional para o estudo da revelação sobrenatural, que é próprio da Teologia.
A Igreja sempre teve grande apreço pela Filosofia, tendo como mestre Santo Tomás de Aquino, por indicação do Concílio Vaticano II.

O CURSO DE FILOSOFIA NÃO PODE MORRER
Conversei com a direção da Faculdade e obtive a seguinte resposta: se obtivermos 30 alunos matriculados (não apenas inscritos), haverá curso neste semestre 2018/1.
É preciso entrar em contato com a Faculdade (62)3328-8900 / 3328-8901 e agendar um vestibular para Filosofia. Rápido, pois as aulas vão começar no dia 5 de fevereiro! Se alguma atendente disser que não vai haver curso de Filosofia neste ano, informe-a que a Direção da Faculdade (Prof. Adriana e Prof. Maria Inácia) disse que vai haver sim, com a condição de se matricularem trinta alunos.
O agendamento do vestibular é gratuito. Depois de passar no vestibular, faça imediatamente a sua matrícula (R$ 258,50), que já vale como primeira mensalidade.
Chame outras pessoas para fazer Filosofia na Faculdade Católica de Anápolis. Se conseguirmos trinta alunos matriculados até o dia 5 de fevereiro, ótimo! Louvado seja Deus!
Se não alcançarmos o número de 30 alunos, não haverá curso de Filosofia este ano. Neste caso, o dinheiro da matrícula será devolvido a quem pagou.

COMO SERÁ O CURSO
O curso será modular, ou seja, com aulas presenciais apenas às segundas, terças e quartas-feiras, sempre no Noturno.
A mensalidade, que seria de R$ 517,00, cai para R$ 258,50 se for paga até o 5º dia útil de cada mês.
O curso dura 4 (quatro) anos, pois é um curso de Licenciatura em Filosofia. Isso quer dizer que, além das disciplinas filosóficas, o aluno deve estudar disciplinas de Pedagogia.
Veja o vídeo abaixo:

Repasse esta mensagem a seus amigos, por gentileza.
Deus lhe pague.
Em Jesus e Maria,
Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz

www.providaanapolis.org.br

Nossa Senhora Aparecida

Acabei de celebrar a Santa Missa de Nossa Senhora da Conceição Aparecida (ou simplesmente Nossa Senhora Aparecida), Padroeira do nosso país....