22 ANOS DE LIBERDADE

Hoje, 15 de novembro de 2011, completei 22 anos desde o dia em que resolvi libertar-me de minha liberdade.
Nesta mesma data, no ano 1989, na capela do Seminário, eu me consagrava a Maria Santíssima na qualidade de escravo, renovando os votos de meu Batismo e entregando em suas mãos todos os meus bens espirituais.
Ao vincular-me a Maria, fiquei mais firmemente vinculado a Jesus, como ensinou São Luís Maria Grignion de Montfort.
Essa consagração é uma pérola preciosa, um tesouro escondido no campo. Poucos a encontram. Dos que a encontram, poucos a valorizam. Dos que a valorizam, poucos resolvem consagrar-se. Dos que se consagram, poucos avançam muito no caminho da consagração.
Louvo a Deus por ter-me feito encontrar esse caminho fácil, curto, santo e perfeito para unir-me a Jesus. Lamento por aqueles que ainda não o trilharam.
Agora, liberto de minha própria liberdade, confio a Maria o encargo de fazer a gerência de todos os méritos de minhas boas obras e meus sofrimentos, passados presentes e futuros, para a maior glória de Deus.
Quem se entrega deste modo a Maria (e por ela, a Jesus) nada tem a perder, a não ser o amor próprio desordenado.
Peço a Maria Santíssima, a quem venero como filho e sirvo como escravo, que me assista na tese que estou tentando escrever sobre "a alma do embrião humano". Se essa tese servir para defender o seu Filho, que viveu como embrião em seu seio virginal, e para defender os pequeninos, que são os preferidos por ele, que ela seja bem escrita e bem defendida perante a banca examinadora.
Mãe puríssima, livra-me de ser livre.
O escravo de Jesus em Maria,

Comentários

Fratres in Unum disse…
Caro Pe. Lodi, que Nossa Senhora o guarde e o guie neste caminho de estudos em defesa da vida. Com admiração, os amigos do blog:

Fratres in Unum.com
Alex disse…
Pe. Luiz Carlos, por sua causa, por seu testemunho, por sua ajuda eu fiz a consagração de escravidão à Nossa Senhora; sou todo dela, e por ela, todo de Cristo!

Na época em que fiz a consagração, estava muito doente... às vezes, por causa dos meus escrúpulos, eu tenho medo de que minha consagração não tenha sido bem feita ou aceita.

Mas eu já falei disso a várias pessoas piedosas e esclarecidas, entre elas, alguns sacerdotes, inclusive com o senhor, e me disseram que ela (a minha consagração foi válida). Agora não me lembro da resposta do senhor...

De qualquer forma, espero poder contar com sua ajuda para progredir como escravo de Maria, e, consequentemente de Cristo também.
Pe. Lodi, Salve Maria. Sou o Jorge do Blog Almas Castelos. Fico muito feliz pelo aniversário de 22 anos de consagração. Estou rezando muito pelo Sr. e de uma forma especial. Já que o Sr. escolheu o caminho da Santa Sabedoria, que a Própria Sabedoria Encarnada que é Jesus Cristo, pela intercessão de Sua Santíssima Mãe lhe abençoe e lhe acompanhe em todos os dias de sua vida. É o que deseja Jorge do Blog Almas Castelos.

Postagens mais visitadas deste blog

Uma proposta de emenda à Constituição

NOTA SOBRE MINHA CONDENAÇÃO POR DANOS MORAIS NO STJ

Curso de extensão em Bioética na Católica de Anápolis