A tese é dela

Quando encontro dificuldades, quando elas parecem intransponíveis, quando a encosta da montanha encobre o horizonte, então penso: a tese que estou fazendo pertence a Maria.
É ela - a mesma que veio socorrer Isabel e os noivos de Caná - que me ensinará a defender o embrião Jesus e todos os outros embriões humanos.
Devo festejar não apenas cada página escrita, cada capítulo terminado ou cada lição aprendida. Devo alegrar-me com cada energia - aparentemente inútil - que gasto com esta empresa.
Obedecendo ao mandamento de Maria - "Fazei tudo o que ele vos disser" - eu devo encher as talhas de água, confiante de que, no fim da festa, elas se converterão em vinho.
Se é tão doce confiar em vós,
Que alegria não será vos ver!
Concedei-nos, mãe de Deus,
vos saudar lá no Céu.

Comentários

Alex disse…
Pe. Luiz Carlos, o seu testemunho de amor à Nossa Senhora edifica-me imensamente!

Obrigado por dar este testemunho público de amor à Mãe de Deus. Ele faz um grande bem a mim e muitas outras pessoas, com certeza, também!

Postagens mais visitadas deste blog

NOTA SOBRE MINHA CONDENAÇÃO POR DANOS MORAIS NO STJ

Um absurdo judiciário

Uma proposta de emenda à Constituição